RELACIONADOS



categorias

5 de agosto de 2017

Keep Breathing



Calma. Respira fundo. 
Isso. Vai ficar tudo bem. 
Pense em coisas boas, um sorriso, um abraço... Um carinho? Lembra do cheiro do seu perfume favorito, você pode usar um pouco agora, se quiser. 
Toma um pouco de água, quer ouvir uma música da Demi? Ela sempre aquieta seu coração. 
Não? Tudo bem, posso ficar quietinha com você, então. Mas, respira. 

Tenta não pensar na dor, foca em alguma lembrança boa, quer um abraço? 
Manda mensagem pra sua melhor amiga, diz que tá precisando dela.

Respira, anjo. Fica calma. 
Conta até dez comigo?
Um, dois, três...
Por que é tão difícil valorizarem meus esforços?

Quatro, cinco...
Por que ninguém se importa?

Seis, sete...
Ai, minhas costas!

Oito, nove...
Alguém devia se importar, não é?
Por que vocês sempre falam coisas sem pensar nas consequências?
Por que é tão difícil demonstrar seus melhores sentimentos, quando indignação, raiva, rancor e ódio estão sempre estampados no rosto de vocês?
Eu preciso de um trabalho...
Será que ele me ama como diz?
São tantas contas a pagar...
Eu preciso ir no médico, estou sentindo tanta dor...
Quero estudar, fazer faculdade, morar sozinha...
Preciso de você, por que não está aqui? Por que não me liga? Por que não vem me ver?

Ai...
Será que ele tem outra? Que ele demonstra o quanto gosta e faz surpresas românticas para ela? Ele realmente estava em casa ontem?

Por que esses caras não saem do meu pé?
Por que é tão difícil seguir em frente?
Por que essa cidade faz tanto mal pra mim?
Por que as pessoas são más comigo?
Por que tantos problemas? Tanta coisa para resolver.

Minhas mãos estão tremendo tanto... A sensação é como se tivesse uma faca no meu pescoço... Minha cabeça... Alguém me ajuda?

Respira, calma...
Shhh...

Meu estômago tá queimando, meu peito dói...

Por que tenho que ser quem eu sou? Com tantos questionamentos, esses braços fortes, esse sorriso com dentes separados, esse cabelo indomável e esse amor que vai e volta dentro de mim, sem ninguém que saiba aproveitar?

Por que sempre sinto como se estivesse ferindo meu corpo e alma, aos poucos, dia pós dia?

Vai ficar tudo bem...
Tome mais água, com um pouco de açúcar agora. 
Estou aqui. 
Estou com você.  

Vai ficar tudo bem.
Shhh....

31 de julho de 2017

Frio demais... Quase queimando



As pessoas querem ouvir sobre o amor, sentir, ler e até mesmo escrever sobre ele (não sou a exceção desse caso).

Daqui alguns dias, estarei comemorando mais alguma primavera. Mais um inverno, na verdade, tive a bênção de nascer no friozinho de agosto para esquentar os corações que me tocassem. 

Desde que me conheço por gente, nunca havia desacreditado do amor. Não importa o que tinha acontecido, meu coração continuava pulsando, desejando mais. 

Eu tive o coração partido em mais pedaços que a paciência humana permite contar. Meu sorriso foi brecado tantas vezes que hoje só tenho uma forma de sorrir: como se fosse partir o rosto em dois, tentando convencer a alma que vai ficar tudo bem, mesmo que seja depois de beber um pouco com minha mãe e dançar até não aguentar mais, ou depois de assistirmos Titanic e ficarmos cantando (ou tentando) junto com Celine Dion e dançando enquanto eu imagino ser a Rose e meu cobertor ser o Jack. 

A questão é que a sensação que eu tenho é que me perdi um pouco de mim mesma e todas as minhas tentativas frustradas de dar amor tenham se transformado numa bola de neve rolando montanha abaixo e eu estivesse lá, esperando pra ser esmagada, ou até mesmo me transformado no iceberg que afundou o Titanic.

Porque parece que o amor que nasceu comigo e sempre pulsou nas minhas veias, tivesse feito uma bolha de sangue na testa de tanto que eu bati com a cabeça na parede e depois tivesse estourado. 

Dói. 
Tá doendo.
Eu preciso sentir que ainda estou aqui, que ainda sou amor, mesmo depois de todos os poréns. 

Quero fazer que as pessoas experimentem nadar no amor que sempre transbordou de mim. 

Você poderia chegar mais perto?
Pode me tocar um pouco? 
Você sabe que eu desmonto e minha pinta de inquebrável se desfaz cada vez que você me toca.

Pode me ajudar a perceber que ainda sou eu aqui?
Pode me amar só um pouquinho?
Por favor, seja aquela pessoa que quer me ouvir, ler, sentir e até mesmo escrever sobre mim. 
Pode, por favor, apenas, chegar um pouquinho mais perto? 
Preciso que alguém derreta esse iceberg, preciso que alguém me tire do fim da montanha ou esteja comigo para fazer o gelo derreter antes que me machuque mais. 

Você pode apenas reacender meu fogo?
Pode apenas fazer com que eu veja o amor que tá dentro de mim?
Porque mesmo depois de todos esses baques, eu o sinto queimando minhas bochechas como se tivesse se aglomerados nas maçãs do meu rosto e precisasse de dois beijos. 

Seriam dos seus lábios?

18 de junho de 2017

Para: My Favorite Part



Não lembro há, exatamente, quantos anos nos conhecemos, mas tenho plena noção de que são muitos. Okay, eu tenho amizades mais velhas que a nossa, porém é impossível comparar o que temos e somos a qualquer outra amizade ou relacionamento que construí.
Você está lá, sempre, em qualquer momento ou circunstância, tudo que faz por mim é para o meu melhor, para me ajudar, você ora por mim e essa é a prova mais linda que tenho do seu amor por mim.

Deus é o único que me conhece perfeitamente, Ele me mandou você porque sabia do que eu precisava e com toda essa sensibilidade exacerbada e intensidade que tenho, iria precisar de um anjo pra me acalmar, me dar colo e me fazer cafuné, quando as coisas perdessem o controle ou não saíssem do jeito que imaginei.

Me diz, quem sabe exatamente do que preciso quando não estou me sentindo bem? Quem me dá os melhores conselhos e me tira os melhores sorrisos, quando estou meio baqueada ou com uns pedacinhos a menos? Quem faz questão de não deixar passar um dia sem que eu saiba o quanto me ama? Quem me dá os melhores abraços e reage às minhas loucuras com o máximo de ânimo possível, ou reage as coisas que escrevi/meus sentimentos de um jeito tão lindo que não me deixa nunca ficar frustrada?
Isso aí, você.

Você sempre esteve lá por mim, e eu faço o possível pra retribuir com todo amor que tenho. E isso é sobre o quanto eu te amo e sou grata por existir, não me imagino num mundo sem você. Você é a melhor parte de mim que amei conhecer.

Você entende meus gostos e desejos, conhece meu coração e todos os meus medos e defeitos, falhas, erros, e ainda assim, você nunca me deixou sozinha.

Você é a prova do amor de Deus por mim, e eu sou uma Filha mais próxima Dele graças a você.
E eu preciso que você saiba, é você que vai estar lá, me ajudando escolher o melhor vestido, mesmo que meu sonho vá de um vestido bufante como um bolo com um laço enorme, até um vestido simples caído no ombro, de cintura marcada e com cauda de sereia.

É você quem vai me ajudar escolher as rosas, as cores, como vai ser a maquiagem (embora, eu tenha quase certeza que você vai me fazer dispensar) e o penteado. Pode, por favor, dispensar coroas? Vamos levar em conta minha falta de habilidade com coisas delicadas, ainda mais na minha cabeça.

Ninguém nunca vai entender nossa ligação, nem precisamos que entendam. Eles veem como a gente se cuida e faria de tudo pra proteger uma a outra. Eu só queria te confirmar, caso ainda restasse alguma dúvida.

Você é a minha parte favorita,
meu anjo,
meu amor.
E com certeza, vai ser a madrinha do meu casamento.
E a do meu filho também.
Amo você.